CAIO BORGES - EM TODAS AS FASES COMO UM MENINO!

de 17/09/2020 a 26/09/2020

Carlos Alberto Borges, com o nome artístico de Caio Borges, é pintor e escultor nascido em Içara, no estado de Santa Catariana - Brasil. Desde 1978, o artista associa a sua vida e a sua tranquilidade ao desenho, a pintura e a escultura. Tem uma trajetória artística importante, com anos dedicados também ao design e ilustração de moda, criando significativas linhas de padronização para  importantes indústrias no Brasil. Tem uma grande convivência profissional em Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo, e rapidamente passou a ser reconhecido e admirado na Europa e Estados Unidos, países que são importantes alicerces em diversas etapas de sua vida e que permitem ao artista ter a sua arte presente em coleções particulares em várias partes do mundo.

Seus trabalhos são intensamente gestuais e contínuos, tem como uma das particularidades principais, os 

elementos geométricos, em especial os circulares,

 trazendo na maioria das vezes, o volume, como ponto marcante, que se apresenta sempre em equilíbrio e interação com outros elementos, paisagens ou figuras. 

 

As mulheres representadas na arte de Caio têm um estilo muito presente na sociedade, possuem como característica física, as formas arredondadas, e que são retratadas e citadas carinhosamente por Caio como, Gordinhas graciosas, apaixonadas, independentes e felizes.

 

Suas musas, possuem linhas e curvas, acompanhadas de figurinos e acessórios com design refinados, exóticos, elegantes e sensuais.

“Quando algo me desperta a atenção, paro para observar a cena tentando captar a organização de seus elementos: a figura, o objeto, a composição de seus volumes, cores, texturas, enfim, o que apresenta plasticidade, expressão ...


Mulher, figura sinuosa, sensual,

envolvente (momentos carregados de emoção, sutileza, magia), tema inesgotável. Provar a fruta, descansar no sofá, entregar para dormir, para a cama, o olhar cativante daquele calor, perfume, amor, prazer. 

Situações que crio para mostrar minha viagem na tela e na tinta. Rendas, pombos, frutas, flores, clima do passado no presente, comunhão do real com o sonho, o despertar do sono, a liberdade de movimento no descanso estático

conforto, preguiça...

Estas são as minhas figuras hoje. “

Caio Borges.

Muitas destas características, estiveram presentes, na Art Nouveau, um estilo de arte vivenciado em vários países do mundo no século XIX, mas que se popularizou na França, num período descrito na história da Europa como "Belle Époque", conhecida por significantes transformações culturais que se traduziram em novos modos de pensar e viver o cotidiano, em diversos seguimentos como: moda, arquitetura, escultura, no design de interiores e industrial, e no cinema. Setores esses, que de certa forma, interligados influenciam a vida e obra do artista.

 

Com mais de 40 anos de arte, Caio pretende continuar ilustrando o seu interior, as pessoas e o seu entorno, mostrando o seu olhar, que traz um modo naïf e

harmonioso, de encantamento por suas vivências, 

 

Dessa forma, apresentamos nesta mostra, vinte trabalhos marcantes de Caio, criados entre 2017 a 2020 e que conquistam nesse momento, uma plataforma interativa, com acessibilidade a um grande número de pessoas no mundo, que poderão despertar em si, muitas das emoções concebidas pelo artista, a partir do seu olhar e de sua imaginação lúdica, embuídos em sua alma de menino, que descobre vida em cada momento que acompanha o seu modo de criar.

Heloiza AZEVEDO

Biógrafa, Comissária de Arte e 

Produtora Cultural.

& Consultoria Internacional Artística

Rua Manuel Peixoto, 172

Guimarães - Portugal

Acompanhe o nosso trabalho
  • Instagram
  • Facebook ícone social
Atendimento

Segunda a sexta das 

8h às 18h

Sábado das 8h às 13h

© 2000-2020 Heclectik -Art - Desenvolvido por Heclectik-Art